-->

segunda-feira, 5 de março de 2012

Uma maneira para se combater o orgulho e o egoísmo.

Dois lados: Windows e Apple - Two sides: Windows and Apple
Com uma atitude egoísta, se é importante, e os outros não tão importantes. De acordo com os conselhos de Shantideva, uma técnica para ajudar a contornar e mudar esta atitude é se imaginar em frente de si mesmo como um observador imparcial. Seu próprio eu egoísta de um lado e um número ilimitado de outros seres sobre o outro lado: dez, cinquenta ou cem. De um lado está o seu eu orgulhoso, egoísta, e do outro lado, um grupo de pessoas pobres, necessitadas. Você está, com efeito, no meio, como uma terceira pessoa imparcial. Agora, julgue. Esta pessoa única e egoísta é mais importante? Ou o grupo de pessoas é mais importante? Pense. Você se juntará a este lado ou ao outro? Naturalmente, se você é um ser humano verdadeiro, seu coração vai com o grupo porque o número é maior e as pessoas são mais carentes. O outro é apenas uma única pessoa, orgulhosa e estúpida. Seu sentimento fica naturalmente com o grupo. Pensando desta forma, gradualmente diminui-se o egoísmo e o respeito pelos outros cresce. É assim que se pratica.

With a selfish attitude, oneself is important, and others are not so important. According to Shantidevas advice, a technique to help in turning this attitude around is to imagine- in front of yourself as an unbiased observer- your own selfish self on one side and a limited number of other beings on the other side- ten, fifty, or a hundred. On one side is your proud, selfish self, and on the other side is a group of poor, needy people. You are, in effect, in the middle- as an unbiased, third person. Now, judge. Is this one, single, selfish person more important? Or is the group of people more important? Think. Will you join this side or that side? Naturally, if you are a real human being, your heart will go with the group because the number is greater and they are more needy. The other one is just a single person, proud and stupid. Your feeling naturally goes with the group. By thinking in this way, selfishness gradually decreases, and respect of others grows. This is is the way to practice.

Tenzin Gyatso, XIV Dalai Lama.

Um comentário:

Richard Mathenhauer disse...

Saudações!
Todos os dias nos confrontamos com a difícil luta de derrotar, ou no mínimo, abrandar os efeitos do egoísmo, especialmente quando vivemos numa sociedade que direta ou indiretamente nos incita a um modelo de vida egoísta.

Independente de a prátia do exercício resultar em vencer o egoísmo, creio que tentar já é algo que demonstra o interesse pela mudança. Afinal, mais que a vitória, é o combate que nos faz heróis.

Saúde e Paz,

Postar um comentário