-->

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Caminho espiritual


O caminho espiritual é realmente simples. É simples porque não se trata de adquirir, acumular, ou alcançar alguma coisa. É tudo sobre desistir do que não precisamos. Trata-se de desistir do que não é útil em vez de adquirir as coisas com a idéia de ir a algum lugar ou conseguir alguma coisa. Esse é o velho jogo. Esse jogo que temos jogado por um longo tempo é como um círculo vicioso. Ele não tem fim.
Às vezes, a busca espiritual em si nos impede de ver a verdade que é sempre uma conosco. Temos que saber quando parar a busca. Há pessoas que morrem enquanto eles estão procurando a verdade mais elevada com as fórmulas filosóficas e técnicas esotéricos. Para eles, a prática espiritual se torna uma outra parcela egóica que simplesmente mantém e alimenta ilusões. Incrível! Buda, Deus, a verdade, o divino, o grande mistério, o que você tem procurado, está aqui agora.

The spiritual path is truly simple. It is simple because it is not about acquiring, accumulating, or achieving anything. It is all about giving up what we don't need. It's about giving up what isn't useful instead of acquiring things with the idea of going somewhere or achieving something. That was the old game. That game which we have been playing for a long time is like a vicious circle. It has no end.
Sometimes the spiritual search itself prevents us from seeing the truth that is always one with us. We have to know when to stop the search. There are people who die while they are searching for the highest truth with philosophical formulas and esoteric techniques. For them spiritual practice becomes another egoic plot which simply maintains and feeds delusions. Amazing! Buddha, God, truth, the divine, the great mystery, whatever you have been searching for, is here right now. (p.37)

--from No Self, No Problem by Anam Thubten, edited by Sharon Roe, published by Snow Lion Publications

4 comentários:

Sonia Guzzi disse...

Um lugar íntimo para a vastidão...O oceano onde somos pequenas ondas.
Gde abraço linda.
Em divina amizade.
Sonia Guzzi

Lilian Amorim disse...

Obrigada por sua luz Pema, seu blog é mesmo um instante de paz e reflexão...Voltarei mais vezes...Om Shanti

taio disse...

excelente post,

Pema Lodrön disse...

Brahma Kumaris? Já frequentei! OM SHANTI!

Postar um comentário